(RE)usar (RE)aproveitar (RE)inventar

29.5.17
Perdoem-me, sei que este tipo de post não é dos mais populares no blog. Mas eu gosto de trazer para cá ideias que observo pelas ruas pois, confesso, fascina-me ver um objeto do dia a dia utilizado de forma diferente. O "reuso" é uma descoberta constante, é olhar para o que já existe e a partir daí tecer infinitas possibilidades de transformação e transportar esses novos conceitos para casa, sem medos.

Gavetas usadas como nichos ou às quais se acrescentou uns pés para transformar em mesas, são ideias bonitas e constantes por aí, no entanto estas peças viradas de cabeça para baixo e utilizadas como  prateleiras, já não é tão vulgar. Já as imagino como mesinhas de cabeceira num quarto com poucos metros.




















Suculentas são plantas resistentes e muitas vezes, as únicas que pessoas como eu (sem a mão verde) conseguem ter em casa. Chamou-me a atenção este conjunto de frascos e potes de vidro para albergar estas plantas que se adaptam às adversidades. Achei simples e com efeito estético agradável e descontraído. Aliás, a Débora, já nos tinha mostrado aqui uma ideia parecida, só que bem mais incrementada, vale a pena conferir.

Há quem não ache confortável barris usados como mesas, por não comportarem as pernas de quem se senta junto a eles. Mas tem solução: questão de cortar o barril por forma a criar uns pés. É um recurso também a ter em conta no caso de querer aproveitar um barril parcialmente estragado.


E um pequeno barril transformado em banco? já tinha visto? eu não, e achei-lhe uma piada incrível!

Caixas de vinho são peças bem interessantes, sobretudo pelo seu grafismo. Já vi várias utilizações delas como nichos, até transformadas em oratório. Mas aqui fez-se o óbvio: as caixas foram pregadas às paredes tornando-se expositores de garrafas antigas.


Uma ideia que volta e meia uso em casa e que continuo a simpatizar: ervas frescas ali à mão, prontas a serem utilizadas!

Na minha vida de arquiteta há um piso que adoro e que infelizmente ainda não consegui utilizar em nenhum projeto: o pavimento em cimento afagado. A meu ver, confere um look simples e é uma folha em branco para qualquer estilo de decoração. E se num toque de ousadia, desenhos forem pintados nesse mesmo pavimento? Arrebata de vez o meu coração!

23 comentários:

  1. Mas eu gosto muito quando nos dás a conhecer o que os teus olhos caçam! Ideias bem giras o que nos trouxeste aqui ;) Também gosto muito do efeito do cimento afagado, aliás, tudo o que tenha um ar industrial por norma os meus olhos ficam presos, não será o único mas é um estilo de decoração que gosto bastante. Beijinhos*

    ResponderEliminar
  2. Olá Val,
    Podem até nem ser os posts mais populares, mas de certeza que muitas leitoras (como eu) gostam de os ver, porque as ideias são muito originais :)
    Bj

    ResponderEliminar
  3. Gostei tanto!! Tantas ideias giras e super simples. :) Um beijinho

    ResponderEliminar
  4. Na minha opinião este tipo de posts é maravilhoso. E eu sou super fã de todos RE(s).
    É impressionante as coisas maravilhosas que podemos fazer com coisas que muitos acham já não ter uso.
    Dar vida nova a coisas velhas, como eu costumo dizer.
    Adorei todas as coisas que partilhaste. Haja criatividade e força para meter as mãos na massa.
    Beijinho enorme e boa semana.

    ResponderEliminar
  5. Gosto muito do chão em cimento afagado! Aliás, não só o pavimento mas como também as paredes. Não que perceba muito dessas coisas de arquitectura e afins... mas julgo que o cimento afagado seja uma tendência, certo? Pois, cá para mim sendo tendência ou não já tem uma fã!!! Adoro!!!!

    ResponderEliminar
  6. Gosto desse olhar para as coisas, fico sempre fascinada com a criatividade das pessoas e tu és dessas pessoas que pensam "fora da caixa" :)
    Um grande abraço
    Teresa

    ResponderEliminar
  7. Perdoada! 😊
    Obrigada pelas ideias!

    ResponderEliminar
  8. Val,
    Quando vi as bolsinhas lembrei de umas que você fez :)
    Eu adoro essas inspirações que vemos por aí.Gostei da gaveta virada ao contrário,nunca imaginei usar assim,efica uma mesinha bem legal.Os barris cortados também, concordo com você que eles inteiros como mesa,nos obrigam a sentar de ladinho...rsrs...E o piso de cimento queimado eu amo,meus pais tiveram um sitio e a casa toda era assim.
    As flores complementaram a beleza.
    Besitos e tenha uma semana abençoada

    ResponderEliminar
  9. Val, gostei muito das inspirações.
    A sua ideia para a gaveta como criado-mudo é ótima.
    Essa das suculentas em frascos de vidro eu tenho em casa e já até cheguei a postar no blog. Aproveitei vários vidros diferentes que tinha em casa e o efeito também me agrada.
    Outra coisa que gostaria de colocar em pratica é o das ervas à mão. Mas elas são bem sensíveis à falta de água e eu nem sempre lembro das regas... Já sequei minhas mudas mais de uma vez por aqui. Ainda não desisti, mas talvez eu compre aqueles vasos autoirrigáveis para a próxima tentativa!

    ResponderEliminar
  10. Olá Val,

    Gosto muito das descobertas que você faz, são sempre bonitas e cheias de ideias interessantes, continue viu? Adorei a mesa e o banquinho de barril, solução criativa e bonita para o problema de falta de conforto. Quanto ao piso de cimento queimado (nome no Brasil) é uma paixão antiga minha e do marido, tenho guardado um projeto com detalhes de azulejos hidraúlicos e cimento queimado para realizar na nossa casa, mas só quando assentamos pouso definitivo.
    Beijos

    ResponderEliminar
  11. Gostei. Particularmente do piso em cimento afagado. Muito bonito! Também gosto quando uma cozinha tem móveis ou estantes assim em cimento, logo a fazerem parte do esqueleto da divisão! :)

    ResponderEliminar
  12. Bom, Val embora não seja um post de um projecto teu, não deixa de se identificar contigo, tens cá um olhinho para estas coisas diferentes que é um espectáculo.
    Simplesmente adorei, ainda ontem almocei aqui num restaurante de sushi onde predominava essas mesas feitas de pipas e as garrafas de vinho na parede dentro dessas caixas, acho que está pegando na moda.
    Beijinho grande.

    ResponderEliminar
  13. Eu gosto deste post. Gosto de reusar, de fazer renascer ... gosto dos apontamentos simples, quase despropositados mas que resultam tão bem. Gosto, gosto muito!!
    beijinhos

    ResponderEliminar
  14. Oi Val!!! Ahhh eu amo posts assim com ideias criativas vindas daí! <3 É sempre bom ter acesso à inspirações fresquinhas ainda mais de reuso! Como sempre você tão poética e eu amo isso em você! Amei esse trechinho do post: "O "reuso" é uma descoberta constante, é olhar para o que já existe e a partir daí tecer infinitas possibilidades de transformação e transportar esses novos conceitos para casa, sem medos." Penso igual!!!
    Beijo grande, Val!

    ResponderEliminar
  15. Val, obrigada pela inclusão do link! Fiquei muito feliz!

    ResponderEliminar
  16. Olá Val, ideias originais e muito giras :)
    Vale bem a pena vê-las e quem sabe algumas meter a uso :D
    Obrigada pela partilha :)

    ResponderEliminar
  17. Olá Val! Eu amo estes teus olhares, obrigada por partilhar! Sabes que eu não tinha pensado nas almofadas para o jardim? As cadeiras são super leves e confortáveis. Eu não tenho pérgola para abrigar a mesa, vou comprar uma capa protectora e um sombreiro. Como tu sabes, por cá chove muito. Agora fiquei desejosa de ter as almofadas. Bom fim de semana, beijinhos

    ResponderEliminar
  18. ideias incríveis, sem dúvida! Adorei as mesinha feitas com barril de madeira, sui generis! Sou adepta incontestável da reutilização de materiais e objetos e procuro sempre aproveitar tudo aqui em casa antes de jogar fora!
    Beijinho e um bom fim de semana!

    Bia <º(((<
    www.biaviagemambiental.blogspot.com

    ResponderEliminar
  19. Olá Val, boas ideias são sempre bem vindas, gostei muito da gaveta como tampo de apoio, ainda hei-de experimentar reciclar uma gaveta, as suculentas nos frascos, tão simples e ficam bem em qualquer espaço, os barris estão alegres e muito bem aproveitados, beijinhos

    ResponderEliminar
  20. Acho tão bom reaproveitar e reinventar as coisas :)
    Adorei as gavetas, as suculentas, as ervas aromáticas!
    Acho as mesas e o banco de barril um máximo! Que giro :)
    Também achei o piso do chão encantador.
    Lindas imagens e ideias.
    Um beijo

    ResponderEliminar
  21. Ei Val, quem disse que este tipo de post não agrada, a mim agrada e muito,vários usos ou usos diferentes pra determinadas peças, objetos, plantas, eu adoro quem tem esta criatividade.
    Ótima seleção você fez das imagens. O piso de cimento queimado e ainda por cima flores por todo ele, é um verdadeiro encanto.
    Lembrei-me de você na minha ida a Miami, vi muitos lencinhos ou bandanas daqueles que você trouxe da sua viagem e fez maravilhas com eles.
    Beijos.

    ResponderEliminar
  22. Qué bonita la idea del usar el pequeño barril en mesa , me encanta como nos muestra el reaprovechamiento de materieales
    Espero que tengas un bendecido dia

    ResponderEliminar
  23. Acho bem bacana esse tipo de post, pois abre inúmeras possibilidades. Realmente a gaveta é bem inusitada, nunca havia visto, e super bem sacada. De todas, a que mais me agrada é o piso, lembrou-me do meu primeiro apê, onde havia um carpete horrendo e arranquei, ficando apenas no cimentão. Não tive dúvidas: desenhei no chão do apê todo! Mais psicodélico, impossível, era um lugar muito feliz :) Beijo

    ResponderEliminar

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Web Analytics